Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Meia dúzia de coisas que me punham nervosa...

por diariodeumabarriga, em 20.03.13

Depois de uns dias fora...cá vai a continuação!

 

Ora bem, onde é que eu ia? Pois, no início (ainda!)...para concluir esse capítulo, só tenho a dizer que apesar de ter o sono de um camião, uns apetites ligeiramente estranhos e estar mais temperamental do que sei lá o quê apenas acreditei que realmente era verdade quando vi o pimpolho na ecografia! E não, não tive enjoos...por muito que nem toda a gente acredite!

Pois bem, desde aí tem sido uma aventura constante! A minha cabeça ficou uma espécie de turbilhão com olhos e ainda tem alturas que volta ao mesmo emaranhado de ideias (ou falta delas!)... ainda assim, as coisas estão a ganhar um rumo e isso deixa-me satisfeita! Vejamos, já me habituei à barriga (sim, isto de não ter sensores fazia com que não tivesse bem noção do tamanho da viatura)...apesar da mobilidade estar reduzida, sinto que já estive pior! Por vezes chego a pensar que a minha barriga até diminuiu de tamanho nestas últimas semanas...e não é que goste da ideia, mas intriga-me mais olhar para as barrigas das outras grávidas quando vou à maternidade, que têm menos semanas do que eu, e que são quase o dobro da minha!!Será que vão ter gémeos? O que me costumam dizer é que eu SÓ tenho mesmo a barriga, que de costas nem se nota que estou grávida (e já lá vão quase 34 semanas!) mas ainda assim, não entendo...tenho a sensação que o pimpolho está bastante desconfortável aqui dentro (tendo em conta que o médico diz que ele é grande!e eu não...), apesar de estar quentinho e descansadinho!

Fora a barriga, o facto de a minha maternidade proporcionar uma visita guiada ao edifício também me fez ficar mais descansada! Eu sou uma pessoa que tem a extrema necessidade de ter tudo, mas mesmo tudinho, controlado (quem diria, han?!)...e o facto de pensar que se tivesse que ir para a maternidade não sabia ao certo como é que tudo se processava (então e eu espero onde? e a roupa vai para onde? onde é a sala de partos? qual é o horário das visitas?quanto tempo é que o pai pode estar ao pé?e por aí fora...) deixava-me ainda mais nervosa! No sentido de que não estava familiarizada com o espaço físico...ainda que em termos de profissionais tenha a máxima confiança!

E a mala? Ai...essa foi das maiores dores de cabeça! "Porque esta mala é pequena!", "Mas o quarto tem pouco espaço, não vou levar a casa atrás!", "Mas não cabe tudo"...enfim! Finalmente, primeira roupa escolhida, gel de banho comprado, fraldas arrumadas, camisas de dormir prontas...tudinho dentro da mala! De facto, não é que a mala seja grande mas as coisas estão lá todas e é o que importa!

 

Agora...só falta acabar o quarto! Quando o homem da casa decidir a arrumar a tralha toda que por lá anda...até lá, espero que tudo corra pelo melhor!

publicado às 21:49



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Bloglovin

Follow on Bloglovin

Quem por cá passa


Facebook