Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sonos e Sonos

por diariodeumabarriga, em 16.06.13

Bem sei que tenho andado um bocado desaparecida, mas uma vez que voltei "ao activo"...não tem sido fácil fazer uma visitinha e contar novidades!

 

Falando do sono do bebé (que é um autêntico anjinho nas horas vagas)...

 

Nunca fui muito apologista de os bebés dormirem no meio dos pais (acho até perigoso!) mas admito que, quando se está cheia de pontos e acabadinha de dar à luz (achei que parir podia ferir susceptibilidades), uma pessoa se esquece da parte do "não dormir na minha cama" e pronto...lá está, o pimpolho acaba a utilizar o berço da maternidade quando eu tinha que ir à casa-de-banho porque fora isso, a minha cama foi uma autêntica cama de casal em que eu me limitava a usar um cantinho para ele se sentir à vontade! Apesar de decidir chorar que nem um desalmado assim que eu entrava na casa-de-banho, acho que até gostava do berço...era pequenino e aconchegador. Por isso, quando viemos para casa e olhei para a cama dele pensei que iria andar três dias à procura da criança que ficaria perdida no vale dos lençóis!!! Conclusão, experimentou-se a alcofa e não é que ele gostava?! Tudo bem, era extremamente chato se a meio da noite eu queria ver como é que ele estava (parva que podia dormir enquanto ele dormia, não?acho que não) e tinha que me sentar porque ele estava enfiado lá no casulo, mas fora isso o importante era ele dormir e sentir-se aconchegado! Que sentia.

 

Mas entretanto o tempo passa, ele engorda e cresce! Comecei a olhar para a cama dele com outros olhos e penso que logo aí houve uma química que me fez acreditar que já não ia andar à caça ao pimpolho lá no meio. Após uma reunião demorada com o marido (5minutinhos de sono preciosos) ficou decidido "amanhã ele dorme na cama dele e não na alcofa!". E assim foi: cama feita, pouco sono durante o dia para dormir mais à noite e alcofa pronto para o caso de ser uma noite de horrores. 

Oh cama bendita! Noitinha santa que o pimpolho deu. Ao que parece ficámos todos felizes:

-o pimpolho porque dormiu à larga (já podia ter crescido há mais tempo);

- a mãe só acordou o mínimo indispensável e nem sequer foi de mau-humor, uma vez que o pimpolho estava a sorrir de cada vez que tinha que mamar;

- e o pai porque não teve que aturar o mau-feitio da mãe no dia seguinte por não ter descansado!

 

Já colocámos o Mobile e agora, para além de gostar de lá estar durante a noite, também gosta de ouvir a música e ver aviõezinhos a rodar!!

publicado às 16:13



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Bloglovin

Follow on Bloglovin

Quem por cá passa


Facebook