Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O banho!

por diariodeumabarriga, em 22.05.13

O banho... sem dúvida aquele episódio que me assombra desde...sempre! Vá, desde que comecei a pensar em tudo o que tinha que fazer quando o pimpolho nascesse.

 

É que vejamos...

 

- Mudar a fralda: posso não conseguir fazê-lo ao mesmo tempo que faço o pino, mas já demoro menos 20 segundos do que no início! (e ainda só passaram 15 dias!)

 

- Vestir: ainda que nem toda a roupa seja funcional, por muito linda que seja, já consigo vestir o pimpolho num tempo razoável e sem ele ficar a pensar "quero ter idade para me vestir sozinho!"

 

- Dar de mamar: como o pimpolho sai à mãe e gosta de se alimentar, não é algo que tenha sido complicado...ele aprendeu logo como se fazia!

 

Agora, dar banho...não há uma luva antiderrapante? O pimpolho tem que espernear tanto? É mesmo preciso chorar como se não houvesse amanhã? Bolas...é água quentinha, mesmo boa, tens quem te esfregue as costas e no final ainda te passe óleo pelo corpo! Porquê aquele berreiro que me deixa que nem uma barata tonta???

Desde que comecei a pensar nas rotinas que tinha que adoptar quando o pimpolho nascesse que o banho me fazia confusão...para ajudar à festa, faltei a essa aula de Preparação para o Nascimento (falta justificada que estava com gripe)! Tudo bem, não era por estar 1hora sentada a ouvir alguém a falar de como se dá banho que ia ter menos medo...afinal de contas, desde sempre se deu banho aos bebés e não me parece que a minha avó tenha ido a aulas sobre isso!

Como tenho estado um bocado debilitada, tem sido o marido a dar o banho...e que bem que ele se safa!! Para quem nunca tinha pegado num bebé, podia optar pelos banhos em part-time!!! Eu limitava-me a aprontar a roupa, toalha, óleo, corpo de intervenção e o exército se fosse preciso...ao mesmo tempo que ia respirando para não me enervar de o ouvir a chorar. Mas entretanto já dei o meu primeiro banho. Depois de fazer um acordo com o marido em como ele não abria a boca para dizer nem bem nem mal durante o acto, só o fazendo no final, preparei tudo et voilá! Chorou, esperneou e depois calou-se. Ficou a olhar para mim com aqueles olhos enormes e provavelmente a pensar "porque é que te enervas? só choro porque não gosto que me vejam nu!" e pronto, aí consegui relaxar e aproveitar o resto do momento.

 

No final senti-me muito mais confiante e com vontade de dar banho a todo o mundo (vamos com calma)!

publicado às 18:35


1 comentário

De Ana Lúcia Silva a 28.05.2013 às 23:42

Eu gosto do banho :D
Aproveitamos que eles são escorregadios e dançamos ao mesmo tempo... fazemos exercício... Eu sei que é difícil , não como Mãe mas como Profissional mas é uma coisa tão boa :P acho bem o marido ajudar... vocês são lindos! Continuem assim...
Estou a adorar ler os teus post's ... mostra como és sensível e maravilhosa!
Tenho saudades tuas e morro de vontade de conhecer esse pimpolho lindo! (O meu Pai/a minha Mãe sempre nos chamaram de pimpolhas , a mim e à minha irmã...adoro!)
Beijinho grande*
Ana Lúcia Silva

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




Bloglovin

Follow on Bloglovin

Quem por cá passa


Facebook